terça-feira, 21 de novembro de 2017

Baú de OSTs | Mika Nakashima - Glamorous Sky (Nana, 2005)


Olá, pessoas que juravam que esse quadro, assim como a carreira do meu amado F(x), estava acabado. Como estão? Espero que bem.

Aqui vamos nós para mais uma viagem no tempo, relembrando algumas das OSTs mais icônicas desses últimos anos. Dessa vez, optei por não escolher alguma vinda de um anime, sim de um live action japonês.

Diretamente do magnífico ano de 2005, confiram Glamorous Sky, gravada pela Mika Nakashima para o filme Nana...



Contextualizando para a Filha de Shipp e outros leitores aqui do blog que mal tinham saído das fraudas naquele ano, tem um mangá shoujo dos anos 2000 maravilhoso, que todos os meninos otakus da minha época fingiam que não liam, ou que tinham lido e odiado, chamado "Nana". Ele conta a história de duas garotas chamadas Nana, que se encontram num trem para Tóquio e, por algumas coincidências, acabam dividindo um apê por lá.

As duas eram meio que ~opostas~ nessa relação. Tinha a Nana bad girl, vocalista de banda de Rock, descolada, sexy e tals, e a Nana mais recatada, caipira, inocente. A trama vai se desenrolando através da dinâmica entre elas e do background de cada uma, com muita musica, traição, dramas, descobertas e quaisquer outras coisas que permeiam esse catastrófico período entre o final da adolescência e início da vida adulta.

Mais ou menos como a temporada de 2004 da "Malhação":


Natasha bias, Miss Gari tosquíssima

Pois bem, esse mangá fez um sucesso tão grande à época que algumas adaptações para ele foram feitas anos depois. Uma delas, em anime, com a Anna Tsuchiya destruindo nossas almas, eu falarei num post mais pra frente. A que focarei dessa vez é a do live action de 2005, com a Mika Nakashima, que nos abençoou com um dos meus J-Pops favoritos de todos os tempos na trilha sonora, "Glamorous Sky":



Pra ser bem honesto, eu nem sei mais se o filme é realmente bom ou se é só a minha memória me enganando, pois tem quase uma década que eu assisti isso, sendo um dos primeiros longas nipônicos que vi na vida. Lembro de, na época, ter adorado demais isso e desenvolvido uma paixão platônica pela Mika Nakashima. Garotas de cabelo curto sempre me deram coisas. Obviamente, não tenho coragem de assistir novamente, pois é bem capaz de eu pescar vários e vários trecos que me incomodariam hoje em dia.

Já a trilha sonora, essa permanece irretocável, com "Glamorous Sky" sendo o meu troço favorito da Mika ainda hoje. E nem tem muito o que se explicar nisso. Sua construção traz tudo o que mais costuma me conquistar nesses números Pop/Rock japas. Toda a melodia é envolvente, energizante, emocionante. O refrão é um troço lindo e extremamente sing-along. Há uma atmosfera "angelical" em toda ela, mas ao mesmo tempo, soa um pouquinho "suja".

Eu ouvi tanto essa música na minha adolescência que consigo lembrar aqui de vários momentos onde ela me serviu de trilha sonora. Então, uma nostalgia gigantesca é despertada em minha cabeça toda vez que a escuto hoje em dia.

O mais legal disso tudo é que "Glamorous Sky" nem é só um ~hino otaku~ importante para os fãs dessa cultura, mas também um sucesso de verdade. Ela foi o primeiro single #1 da Mika, vendendo quase 450 mil cópias. Além disso, se tornou uma daquelas músicas que todo mundo canta em shows enquanto a galera levanta as luzes dos celulares, isqueiros e por aí vai...


Hara quase não desafinando numa turnê do KARA...


Jaejoong do TVXQ/JYJ fugindo da SM pro Nihon...


Tios do VAMPS bem trevosos cantando sobre atravessar arco-íris...


Gackt entregando tiozão de roupa colegial concept sem vergonha nenhuma na cara

Enfim, é uma ótima música entre as tão boas outras faixas já utilizadas para as adaptações de Nana. Ainda quero falar das usadas no anime, mas isso fica mais pra frente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...