sábado, 14 de outubro de 2017

Koda Kumi acaba com a raça da CL em 'Hush'


Esses últimos tempos têm sido relativamente estranhos para a Koda Kumi. Ano passado, ela não lançou quase nada, focou só na tour que estava fazendo e deixou todo mundo carente dos seus releases múltiplos e excessivos que aprendemos a amar nas quase duas décadas de carreira dela.

E se 2016 foi ligeiramente apagado, em 2017, ela voltou com todo fogo possível, vindo com dois álbuns de inéditas no início do ano, um de remixes e, mais tarde, seu eventual single de verão. Infelizmente, achei que tudo passeou entre "já ouvi coisa melhor" e "isso está uma merda inacreditavelmente ofensiva".

E quando eu já considerava descartar de memória tudo isso, me contentando que seria melhor aceitar que os anos de auge criativo dela passaram, a desgraçada vai e me solta Hush provando que ainda tem muito o que espremer dessa laranja...



É óbvio que "Hush" nem chega perto de medalhões farofeiros da discografia da Koda, mas quando colocado lado a lado com os lançamentos recentes dela a seguirem essa estética (já pode entrar, "W Face ~Outside~"), é nítido o quão algo bom dela nessa linha estava fazendo falta.

O instrumental acerta em cheio ao mesclar partes mais pesadas, agressivas e intimidadoras com outras mais soft, melódicas, permitindo que a Koda, vocalmente, passeie por essas duas atitudes. Ela manda bem nos momentos que precisa soltar sua unpretty rapstar interior, assim como também vai muito bem quando precisa entregar vocais sussurrados sensuais. 

Os dois fronts sônicos são bem costurados ao longo da track, com o resultado da soma sendo orgânico e não uma costura de influências diversas sem nada para juntar tudo.

Outro grande acerto é o videoclipe, que mostra o quão foda ela é como performer. Quer dizer, tem ela lá cantando e dançando numa sala branca enquanto umas animações são colocadas. Fosse alguém de menos expressão corporal, a falta de orçamento saltaria aos olhos, mas a Koda conseguiu carregar tudo de maneira hipnótica. Deve ser o melhor dela desde... Escalate? Acho que sim.

  GIF
gif roubado do Dougie :v
Vou torcer aqui para que isso seja um indício de que a nova era da Koda Kumi será bem melhor que essa que passou. Vai rolar outro single em dezembro e minhas expectativas voltaram a ficar altas.

Enfim, é bom ter, pra variar, uma mina bancando a fodona no asian pop. Estava sentindo falta de coisas assim, visto a maioria delas estar sumindo e/ou limpando a imagem pra soltar música ruim pra trilha de filme infantil...


HUAHUAHUAHUAHUA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...