quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Com 'You Are', GOT7 continua apenas existindo


Toda vez que o GOT7 anuncia comeback, uma luz de entusiasmo se acende na minha alma, pois imagino que poderei soltar outro post com o impacto cultural que o de Hard Carry teve - esse, segue até hoje como o de maior acesso aqui do blog, rendendo sei lá quantas visitas diárias, aleatoriamente panfletando esse blogzinho por aí e atraindo novos leitores. Isso tudo, só por eu comparar o single com a grotesca "Fire", do BTS.

Entretanto, um ano esse passou e, de lá pra cá, musicalmente, o grupo nem ao menos se esforçou para lançar algo no mesmo nível de relevância, para o bem ou para o mal. Quer dizer... Sejam sinceros: alguém de fora do fandom realmente se recorda da melodia dos últimos comebacks deles? De verdade?

E digo mais: semana que vem, alguém ainda vai lembrar que You Are existiu?



Não me levem a mal, GOT7fans, não é implicância com eles nem nada. Até porquê, eu adoro a trinca "Just Right"/"If You Do"/"Fly". Acredito que, caso eles tivessem mantido essa dualidade de imagem mais colorida com sonoridades Pop/Rap 90s e imagem mais sóbria com sonoridade Dance, eles poderiam ser um dos boygroups mais interessantes da atualidade. Não como se a mudança para uma atitude try-hard yolo tivesse feito qualquer diferença nas vendas abaixo do aceitável para um ato da JYP certo?

Só que não rolou e, em vez de criarem uma marca forte para eles e investir massivamente nisso, por algum motivo que eu jamais entenderei, optaram por fazer com que eles seguissem todas as modas possíveis nos últimos meses, numa tentativa porca de fazê-los hitar por osmose com alguma delas. O resultado: O GOT7 se tornou uma sombra de outros grupos.

Eu ouço essa "You Are" e não consigo distingui-la de qualquer outra coisa que qualquer outro grupo masculino tenha lançado recentemente. Poderia ser o BTS, poderia ser o Monsta X, o VIXX ou qualquer nugu.

E eu nem entrei ainda no âmbito da qualidade da música. Na real, com exceção do rap destoante do Jackson (?) em alguns momentos, principalmente antes do refrão final, ela até que me agrada. A escolha de sintetizadores está de acordo com o que funciona nessa modinha de midtempos eletrônicas viajadas, o refrão é bom, o MV está bem filmado. No entanto, como eu disse, isso aí poderia ter sido lançado por qualquer outro boygroup e não faria a menor diferença. Uma pena.







Ainda não tive tempo de escutar o "7 for 7". Tem alguma coisa legal nele ou é melhor eu continuar só com as coisas legais da discografia deles?

3 comentários:

  1. (Adoro o seu trabalho te admiro muito mesmo adoro seus textos e como você expressa sua opinião mas tenho uma pergunta, você escreverá sobre "Dia Good Night"???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (por favor NUNCA pare de escrever você é o motivo das minhas risadas,gosto bastante de você pelo fato de você ser um dos poucos bloggeiros que não aceitam qualquer lixo que um K-idol lança somente porque é do fandom me inspiro bastante em você e espero muito um dos ter algum blog que seja tão bom quanto o seu abraços da(menina de 10 anos com mente de gente de 30)

      Excluir
    2. Huh, obrigado pelas palavras bonitas. #_#

      Vou escrever sim sobre Good Night. Amanhã o post já deve estar no ar aqui no blog.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...