terça-feira, 15 de agosto de 2017

SONAMOO deixa o aegyo retardado de lado e volta com a ótima 'Friday Night'


Esse blog tem um pouco mais de um ano, mas quem o acompanhou todo esse tempo tem uma certa noção de algumas raivas que já passei por conta da música Pop coreana. Uma das mais evidentes nos últimos tempos foi a forma como a TS Entertainment resolveu gerenciar a carreira e a imagem do Sonamoo.

Elas tiveram um dos debuts mais interessantes de 2014 com Deja Vu, vindo numa proposta estética e sonora geralmente mais usada por boygroups. No ano seguinte, elas melhoraram ainda mais em Cushion, um girlcrush divertido e despretensioso, realmente legal de escutar e assistir.

Só que, por um provável desespero para fazê-las acontecer nesse meio, eles resolveram converter o grupo num daqueles representantes aegyos retardados, infantiloides, pedófilos, cancerígenos e desgraçados que inundaram o cenário entre o final de 2015 e 2016. E aí, todos fomos ofendidos com troços como I Like U Too MuchI Think I Love U, duas das piores músicas dos últimos 50 anos.

Nisso, a minha vontade de acompanhá-las meio que se esvaiu, tanto que eu quase deixei o MV de Friday Night passar...



Isso aqui está tão bom. Queria entender o motivo de serem tão poucos os grupos a ainda apostarem nessa pegada sonora oitentista mais intensa. Esse ano, por alto, lembro das nugus do P.O.P com Catch You e do G-Friend com Fingertip, mas tal proposta, antigamente, era tão visitada por tanta gente, principalmente por atos que trabalhavam com o Sweetune (KARA, Rainbown, 9MUSES, Infinite etc.) e rendia tantos hinos consecutivos por ano, inclusive com resultados satisfatórios em vendas. Por que pararam?

"Friday Night" recicla todos esses maneirismos e isso funciona tão bem. A bateria eletrônica bem marcada, os sintetizadores eletrônicos, a presença mais evidente do baixo e da guitarra, o refrão exagerado. Todos esses são signos que colam bem em atos coreanos, femininos e masculinos. E que me agradam bastante.

Uma pena o MV ser tão basico, resumindo-se às gostosas rebolando numa poção d'água na caixa da SM. Mas tendo em vista que esse é só o primeiro de uma trilogia de singles que elas lançarão até outubro, dá para entender que está rolando uma economia de gastos para os próximos clipes. Só espero que esse mesmo conceito sonoro/visual se mantenha daqui pra frente, pois ninguém aguenta mais coreanas fingindo ter 5 anos de idade para alimentar a doença do público.









Dicas para os próximos singles. Faça acontecer, TS.

3 comentários:

  1. Elas viraram aegyo pq elas queriam esse conceito...n lembro onde eu li, mas tenho certeza! Elas disseram numa entrevista que gostariam de fazer o conceito aegyo...uma pena q os singles n eram tao bons (I Like U Too Much dá pra ouvir depois...agr I Think I Love U, não da). Felizmente elas voltaram ao Girl Crush, e com single bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguém em sã consciência quer fazer aegyo por vontade própria? LOL

      Excluir
  2. E eu tava assitindo I Like U too Much...e não tem como elas fazerem aegyo...ou ficava mt sexy ou simplesmente não combinava

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...