segunda-feira, 17 de julho de 2017

TOP 40 | As melhores faixas do J-Pop em 2013 (40ª até 26ª)


Como vocês já sabem, venho desde o final do ano passado revisitando o que foi lançado de música lá na Ásia através de tops. Comecei com 2014, fui pra 2015, ai chegou o final de 2016 e eu soltei meu ranking, voltando esse ano a lembrar do passado, listando as minhas favoritas do K-Pop em 2013. E como eu tenho TOC, não poderia deixar de fazer o mesmo com as minhas favoritas do J-Pop também daquele ano.

Eu costumo preparar essas listas anuais de maneira simultânea e apenas estava esperando a oportunidade certa em que pudesse usar isso como pauta fria para não deixar o blog às moscas, com esse momento chegando agora, já que essa semana terei que dividir minhas atenções entre maratonear Master of None, The Handmaid's Tale e jogar Ratchet and Clank me dedicar aos estudos e à minha vida profissional.

De qualquer forma, vamos relembrar as regras: A) a lista é baseada no meu gosto pessoal e apenas nele, número de vendas ou acessos não influenciam em nada; B) um mesmo ato pode aparecer várias vezes, mesmo que isso signifique singles que fizeram bastante sucesso sendo ignorados em prol de alguma b-side ou album track flop; C) só são consideradas canções que foram lançadas em 2013.

Enfim, vamos logo para a primeira parte. Será que as suas favoritas irão rodar antes mesmo de chegarem ao top 30? :v

40) SPYAIR - JUST ONE LIFE


2013 foi um ano de grande animes e, nisso, tivemos também grandes OSTs ilustrando esses desenhos. Um dos que mais chamou atenção dentro do público otaku à época foi o ótimo "Samurai Flamenco", que ficava naquela linha intermediária entre o sério e o propositalmente tosco. Para isso, uma canção tema que transmitisse esse espírito piegas era necessária, sendo a melhor representante das presentes em sua trilha essa "Just One Life", do Spyair. Uma pena inserirem cenas de bastidores no meio do PV abaixo, pois isso meio que corta a experiência, mas japoneses tem disso ai, então nada novo debaixo do sol...


- x -

39) KYARY PAMYU PAMYU - MOTTAI NIGHTLAND


O investimento do Nakata na Kyary em 2013 ainda estava a todo vapor, visto ela mal ter terminado a era "Nanda Collection" e já ter emendado mais um single em questão de meses. "Mottai Ninghtland" é uma coisa frenética, naquele clima meio-infantil-meio-bizarro de sempre, quase funcionando como uma canção de ninar remixada. Gosto...


- x -

38) GIRLS' GENERATION - GALAXY SUPERNOVA 


2013 foi um ano tão bom pro SNSD. Na Coreia, elas vieram com um dos melhores LPs de sua carreira, além de um single que, embora divida opiniões, é um dos meus favoritos de sua discografia. E no Japão, da mesma maneira, elas também vieram com um dos melhores LPs de sua carreira e um single que divide opiniões. E assim como em "I Got a Boy", eu estou na fatia de público que curte bastante "Galaxy Supernova". Bicho, até vestidinhos color coded de celofane elas prepararam, é muito idol pop isso...


- x -

37) TOMMY FEBRUARY6 - RUNAWAY


2013 também foi um ótimo ano para que é fã da Tomoko Kawase, já que ela soltou álbuns quase que simultâneos para suas duas personas, Tommy Heavenly6 e Tommy February6. A primeira, mais ~sombria~ e gothic lolita, cantando Pop/Rock, a que dá as caras aqui nesse parágrafo, mais kawaii, colorida e cintilante, sempre com faixas evocativas do synthpop dos anos 80. E "Runaway" é isso ai, um Dance para bater cabelo delicioso com alguns elementos oitentistas que fazem do pacote final algo ainda mais divertido...


- x -

36) ONE OK ROCK - DEEPER DEEPER


Nhaaaaaaargh, o One Ok Rock estava tão bem anos atrás, com uma era tão empolgante que resultou num dos melhores álbuns deles. Como eles conseguiram decair tanto? Vai entender. Bom, se vocês já leram os outros rankings de jotapopes que fiz aqui no blog, sabem que o que mais me agrada na banda é o clima ~gospel~ mais emotivo que eles colocam em suas canções. Logo, já podem esperar que "Deeper Deeper" é mais uma nessa fórmula de versos fortes resultando num refrão meloso. É nisso ai que eles são ótimos...


- x -

35) MAN WITH A MISSION - DATABASE (ft. TAKUMA)


Ainda outro anime que fez a cabeça dos otacos foi "Log Horizon", que eu tenho preguiça de assistir ou ler as novels. Entretanto, a música tema do Man With A Mission, "Database", realmente vale a pena. O conjunto resultado pela mistura de eletrônico com o instrumental pesado da banda, versos feitos como rap e um refrão Pop grudento é super palatável. O videoclipe é bem bom também...

- x -

34) ANNA TSUCHIYA X KISHIDAN - STEP IN TO THE NEW WORLD!


Me dá uma certa chateação de a avex não dar mais tanto espaço para a Anna Tsuchiya trabalhar. Foram poucos os lançamentos verdadeiramente relevantes dela depois de 2010 e uma das poucas coisas muito boas que ela fez nesse meio tempo acaba ainda sendo esquecida por quase todos, tanto que eu nem achei muitas explicações sobre o porquê desse dueto com o Kishidan em "Step Into The New World!". Liberem a Anna do porão, avex...


- x -

33) YUUKA NANRI - BLOODY HOLIC


Blood Lad  Saudades do quão terrível/ótimo foi aquele anime. Ao menos, podemos ainda lembrar dessa OST exageradíssima da Yuuka Nanri. Sério, que treco cafona, mas não cafona significando merda, sim cafona significando maravilhoso, pois remete muito ao tipo de sonoridade utilizada em animações e tokusatsus de antigamente...


- x -

32) LISA - I DOUBT IT


Nada do que a LiSa lançasse em 2013 poderia se equiparar com o poder de "Crossing Field" em qualidade ou relevância. O que não quer dizer que ela chegou a errar gravemente ou soltar coisas ruins, muito pelo contrário. Por exemplo, essa b-side aqui serve bem para preencher parte da cota anual de Pop/Rock pesado-mas-de-menininha que quase sempre funciona comigo...


- x -

31) AIMER - RE I AM 


Gosto muito do modo como "Re I Am" vai se modificando conforme passam os segundos, fazendo de cada momento dessa ballad algo único dentro de seu andamento, mas que consegue ser coerente pela maneira como a Aimer interpreta vocalmente a faixa. Elas só estoura mesmo depois de uns três minutos e meio, mas a espera vale bastante e é satisfatória...


- x -

30) GIRLS' GENERATION - KARMA BUTTERFLY 


Um hino desses. "Karma Butterfly" é uma das minhas album tracks favoritas do Girls' Generation, além de ser um dos grandes destaques do ótimo "Love & Peace". O legal é que, mesmo sendo voltado para o público japa, isso aqui é muito ocidental, tanto que facilmente eu consigo imaginá-la como lead single de alguma disney girl que está naquela fase onde não é mais tão menininha, mas também não quer ousar demais para não assustar o público. Com isso, quero dizer que "Karma Butterfly" estaria em casa na tracklist do "Stars Dance", da Selena Gomez, que foi um dos álbuns Pop mais legais de 2013. Então, soshis rainhas...


- x -

29) AFTER SCHOOL - CRAZY DRIVER


Ainda outro grupo coreano a mandar muito bem em solo nipônico naquela época. Eu acho que já falei isso aqui umas duzentas vezes, mas o repertório do After School no Japão é ridiculamente superior ao coreano. Dito isso, "Crazy Driver" é um Pop eletrônico dançante que vai bem na linha sombria sensual do álbum que elas lançariam no ano seguinte. Adoro o uso de sintetizadores, adoro o clima etéreo do pré-refrão e o refrão empolgante. E pensar que isso foi só a b-side do single...


- x -

28) MORNING MUSUME - AI NO GUNDAM


O Morning Musume lançou tanta merda em 2013 que "Ai No Gundam" quase me passou despercebida enquanto eu separava as canções para entrarem nessa lista. Que bom que acabei me lembrando, pois isso aqui é tudinho o que eu mais gosto no grupo, sendo uma canção RIDÍCULA, cheia de momentos de pura vergonha alheia, mas que, no fim, diverte. Um beijo para os fãs que ficam tentando levá-las a sério como se isso fosse o correto...


- x -

27) KYARY PAMYU PAMYU - MI


Eu ainda não sei se eu realmente gosto de "Mi" ou se eu escutei tanto isso aqui pela piada que agora não consigo mais qualificá-la como ruim. Bom, eu também não sei se eu realmente gosto da Kyary ou se eu ouvi tanto ela pela piada que agora não consigo mais qualificá-la como ruim, então tanto faz. De todo modo, boa a música, não?


- x -

26) PERFUME - ENTER THE SPHERE


O "Level 3" é o meu álbum favorito do Perfume pelo simples motivo de o Nakata ter conseguido criar uma atmosfera farofeira em cima da sonoridade synthpop futurista do trio e funcionar ainda hoje de maneira quase que perfeita. No mais, "Enter the Sphere" segue sendo uma das melhores de sua tracklist, e de toda a discografia das três, ainda conseguindo me transportar para esse universo proposto de maneira empolgante e energética. Hoje em dia estou mais sensato, mas já fiz tanto o passinho em câmera lenta quando chega a parte do "entra na esfirraaa, entra na esfirraaaa" enquanto arrumava a casa ou lavava a louça que minha família já nem estranhava mais quando acontecia...


- x -

E essa ai foi a primeira parte. Alguma surpresa? Alguém rodando bem antes do que deveria?

Provavelmente, seguindo a escola Dougie de posts best ofs, devo soltar a próxima parte já amanhã. Alguns spoilers: 4 faixas de girlgroups, 3 de bandas, 8 de solistas, com 2 invasões coreanas e 2 trilhas de animes. Algum chute? Será que "Mirai no Museum" está entre essas?

Façam suas apostas....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...