quinta-feira, 13 de julho de 2017

Throwback Playlist | 2001s Asian Pop


E contrariando todas as leis do universo, sim, eu estou dando prosseguimento a mais esse quadro aqui do blog. Demorou um pouco mais do que eu gostaria, mas aqui está a segunda playlist retrô aqui do Esquadrão Lunático!!!!11!

Para quem começou a acompanhar isso aqui há pouco tempo vindo pela enxurrada de comebacks do final do mês passado, eu tenho um espírito meio viciado em nostalgia que, frequentemente, me faz buscar troços do passado para reavivar em mim sentimentos de antigamente - mesmo que, por vezes, eu nem tenha vivido eles de verdade.

Dito isso, estou com esse projeto de montar listas recordando faixas asiáticas da década passada, ano a ano. A de 2000 já rolou, agora vamos com 2001.

Cliquem ai no "continuar lendo" para ter acesso ao player do MixCloud e os comentários faixa a faixa. Lembrando que, para passar de track, é necessário ir avançando na barra de execução...





01) Utada Hikaru - Traveling: Além de ser um dos maiores destaques da carreira da Utada, "Traveling" também deve ser a minha favorita de toda a sua discografia. Se bobear, deve estar entre os 5 J-Pops prediletos da minha vida. É incrível como ela conseguiu criar a partir desse instrumental uma atmosfera tão, perdão pelo trocadilho, viajada...

02) PSY - Bird: O K-Pop em 2001 foi uma merda colossal e quase nada de escutável saiu. Felizmente, PSY já estava a todo vapor nessa mescla dele de tosco com agradável. Quer dizer, não tem como alguém que usa o sample da apocalíptica Venus, do Bananarama errar, né?

03) Sheena Ringo - Mayonaka wa Junketsu: Sheenão nem lançou muita coisa em 2001, sendo essa delícia jazzística aqui a única faixa realmente destacável dela nesse ano. Ainda assim, uma faixa destacável da Sheena Ringo é uma faixa destacável da Sheena Ringo...

04) Capsule - Hanabi: O primeiro álbum do Capsule é tão bom. O Nakata acertou em cheio nisso de misturar Bossa Nova com eletrônico e Jazz, resultando num dos grandes LPs de 2001. "Hanabi" meio que encapsula esse conceito num lugar só, ainda que outras que virão mais pra frente sejam ligeiramente melhores...


05) BoA - Amazing Kiss: A diferença de qualidade das produções coreanas para as japonesas na primeira metade da década passada é tão aparente que "Amazing Kiss", mesmo trazendo a mesma proposta de "ID; Peace B", desce gostosinha ainda hoje, enquanto a antecessora coreana soa mal mixada, quase como uma demo inacabada...

06) Koda Kumi - Trust Your Love: Essa aqui também é tão boa. Adoro essa fase meio Janet Jackson da Koda no início dos anos 2000, pois o timbre caraterístico dela acaba por destacar suas canções de tantas outras retiradas do mesmo molde à época... 

07) Utada Hikaru - Can You Keep A Secret?: Já "Can You Keep a Secret?" entrou aqui mesmo pela relevância dela, por ter sido um dos troços mais vendidos no Japão naquele ano e ser um dos maiores destaques da carreira da Utada, porque se fosse só por gosto pessoal, eu ignoraria essa irmã feia de "Wait & See"...



08) Koda Kumi - Color of Soul: Uia, ainda outra música ótima da Koda. "Color of Soul" é tão gostosa, tão refrescante e tão Pop. Ótima utilização de signos sonoros oitentistas...

09) Capsule - Denki Soroban: O início mais minimalista de "Denki Soroban" dá a falsa impressão de que ela seguirá um caminho mais alternativo e menos empolgante, o que é totalmente quebrado quando ela estoura pouco antes de entrar o vocal da Toshiko, transformando-se num jam Pop dos bons. Gosto também dos elementos tradicionais nipônicos utilizados, fazem toda a diferença ao final...

10) Kouji Wada - The Biggest Dreamer: "Digimon Tamers" acaba por não ser tão bem recebido assim na fanbase do anime. O mesmo eu não posso dizer de sua trilha sonora, ainda aclamada após tantos anos. "The Biggest Dreamer", em especial, é daquelas canções que vivem sendo repetidas e reinterpretadas por fãs até hoje...


11) Megumi Hayashibara - Over Soul: "Shaman King" acabou não se tornando o sucesso que apostavam, né? No entanto, sua op transformou-se num clássico entre o público otaku...

12) Ohta Michihiko - SLASH!!: Mais ost de Digimon. Que belo refrão, não? Podiam voltar a fazer músicas assim pras animações atuais...

13) Kouji Wada - Evo: Já essa, também da mesma temporada do desenho, me soa mais como um tema de tokusatsus de décadas passadas. Lógico, isso é um elogio...


14) Chihiro Yonekura - Butterfly Kiss: "Rave Master" também não chegou a hitar de verdade, né? Talvez não em comparação com "Fairy Tail". Whatever, mais outra ótima ost...

15) Ayumi Hamasaki - Evolution: Amo como a Ayu engana o ouvinte fazendo-o pensar que "Evolution" é uma ballad, quando, na verdade, é um dos maiores números rockish de sua carreira. Se isso fosse um ranking, provavelmente esse seria o meu top 3...

16) The Brilliant Green - The Lucky Star: O LP do The Brilliant Green também é uma delícia de escutar, com "The Lucky Star" sendo um de seus maiores destaques. Os anos 2000 foram ótimos para o Pop/Rock...


17) Capsule - Konayuki: Minha favorita do disco do Capsule. Os metais em "Konayuki" e a maneira como a Toshiko canta nela lhe dão todo um clima melancólico espetacular de escutar...

18) Mika Nakashima - Stars: A Mika Nakashima lançou várias e várias baladas em sua carreira e isso se deve ao sucesso que "Stars" fez em seu debut, sendo tema de anime e virando um daqueles classicões de karaokê que os japas tanto adoram...

19) Utada Hikaru - Final Distance: Falando em baladas, essa aqui é uma das mais bonitas da Utada. O mais interessante de tudo é que ela deixa passarem algumas pequenas semitonadas de modo a expressar sua emoção e isso só torna a música mais linda...


20) Do as Infinity - Fukai Mori: Um dos temas mais bacanas de "Inuyasha". Não é o melhor de todos e nem o melhor do Do As Infinity para a série, mas, é, é um dos grandes destaques do ano...

21) Ayumi Hamasaki - Dearest: Ainda dentro da trilha de "Inuyasha", temos essa power ballad da Ayu. Não sei se ainda funciona comigo, mas vale a citação...

22) Utada Hikaru - Traveling (Bahatron Mix): Pra encerrar, voltamos ao começo com esse remix de "Traveling", que transforma a música num pagodão inacreditável. Utada rainha do carnaval, rainha da Sapucaí, rainha do Brasil, bicho...

Imagem relacionada

---


De 2001 foi isso ai. A próxima playlist deve demorar menos, pois quero tentar chegar até 2009 ao fim desse ano, então preciso correr com isso.

Mas, e ai, digam se faltou alguma coisa (fora as músicas do álbum da AI, que não achei em lugar nenhum) e deixem também suas sugestões para as próximas... ;)

Canal do Esquadrão Lunático no MixCloud

3 comentários:

  1. Ah,que legal! Quando vi 2001,só consegui pensar naquela música do K.I.S.S-because I'm a girl que teve regravação até do (pasmem) Calcinha Preta (!!!). Ela é boa até,foi um vírus aqui na minha cidade hahaha! E não sabia que PSY tinha uma carreira de 16 anos já! :0

    ResponderExcluir
  2. TE MPLORO LINK PA DOWN E 2002!!!

    Ps: sou Escroticeiloveyou mas nao ta deslogando da conta da mae ¬¬

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...