terça-feira, 11 de julho de 2017

ONE debutou com 'Heyahe' e 'Gettin' By'


E ai que a YG resolveu debutar solo um tal de ONE, que, pelo que entendi, tinha uma dupla chamada 1PUNCH com um tal de Samuel, na Brave Entertainment, um pirralho que participou da segunda temporada do "Produce 101", que eu não assisti. Parece que o duo se desfez em 2015, com esse ai participando daquele "Show Me The Money", virando colega do de selo do BLACKPINK, iKON etc. e o outro permanecendo onde já estava.

Eu poderia gastar uns parágrafos falando do quão idiota é alguém, na atualidade, assinar com o Yang Hyun-suk. Porém, tendo como outra opção a gravadora do Brave Brothers, me parece mesmo ser melhor ter um comeback a cada três anos do que não ter nenhum.

Enfim, como sempre, é aquilo de soltarem um double-a-side pra ver qual proposta sonora acaba por agradar mais o público. Vamos então comentar as músicas...



Heyahe é mais uma faixa assinada pela dupla de produtores GroovyRoom, que têm sido responsáveis por um monte de lançamentos de rappers nesses últimos meses (Jay Park, Heize, Dok2, dentre outros). E essa marca de composição é bem característica dos dois, que montam instrumentais de maneira a brincar com o minimalismo e a forma como as camadas sônicas vão se montando e variando ao longo da track.

Eu gosto. Logo, curti "Heyahe".

É bacana o modo como toda ela é levada sem que o ONE force alguma barra. Não é um número try-hard, é mais como um Urban "elegante", mas sem perder o pulso. O refrão duplo também é bacana, o MV-para-tirar-gifs-e-jogar-no-Tumblr também agrada.

Uma pena que Gettin' By não siga por esse caminho, sendo uma merda completa...



Não levem pro pessoal, possíveis fãs do ONE, que acabou de debutar, mas já deve estar com uma legião de seguidores apenas por ser da YG e isso torná-lo mais "artista", mas faixas bonitinhas de coffee shop não funcionam mais comigo.

O instrumental é muito inofensivo e a interpretação vocal dele acaba por ser apática demais, não conseguindo salvar a canção de se tornar um sonífero envolto em pedantismo, totalmente intragável. Não é emocionante, não é envolvente, é só... Chato.

File:One debut.jpg

Enfim, é isso ai. Talvez a YG solte mais uns singles dele esse ano antes de jogá-lo no porão. Talvez não. Vai saber.

2 comentários:

  1. Faz um Review do EP Skyfall do ONE OK ROCK (J-ROCK - J-POP - POP) Saiu esse ano em abril se não me engano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aah, o Skyfall foi um single só e acabou passando despercebido por mim na época. Mas eu fiz um review do álbum deles no início do ano... http://www.esquadraolunatico.com/2017/01/album-review-one-ok-rock-ambitions-2017.html

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...