sexta-feira, 28 de abril de 2017

Raspa Semanal #11 | Loona 1/3, Jessica, FEMM, Jia e muito +


Olá, pessoas que não estavam mais aguentando viverem suas vidas sem os meus pitacos bem embasados, objetivos, coerentes e imparciais (hahaha). Como estão? Espero que bem.

Não sei se vocês notaram, mas sem nem avisar, acabei sendo obrigado a iniciar um hiato forçado aqui no blog, pois colocaram fogo no painel de fios da empresa que cuida das telecomunicações aqui do bairro, deixando todos sem internet e telefone por um bom tempo. A minha conexão voltou na terça-feira, mas acabei emendando esse tempo fora com a semana de provas da minha faculdade e, bom, só agora poderei voltar a postar.

E ai que, apenas de sacanagem e por macumba Sowon Xiita para destruir o momentum aqui do blog, vários atos resolveram fazer seus comebacks nos últimos dias, com sei lá quantas oportunidades diferentes de pautas que poderiam ser feitas por aqui. Felizmente, para me poupar esse trabalho, poderei recorrer ao sempre útil pacotão de comentários da raspa semanal que, pra variar, virá pela primeira vez com atos realmente relevantes em vez de apenas forçações de barra que não angariariam views sozinhos.

Então, sem mais delongas, confiram ai meus comentários tão consistentes quanto pudim de leite, gelatina e maria mole sobre DEZESSETE faixas que saíram nessa segunda metade de abril...

HYOLYN X CHANGMO - BLUE MOON



Um release da Hyolyn fora do Sistar, seja tocando a carreira solo em trabalhos próprios ou em colaborações por ai, é quase sempre certeza de bom gosto da produção, boas referências nas inspirações e uma certa competência admirável no material final, que quase sempre me agrada bastante. E se ela deu uma derrapada de leve justamente na faixa que serviu de lead single de seu último lançamento, agora temos a revanche com um número eletrônico bem agradável e revigorante em colaboração com o rapper Changmo em "Blue Moon". Sei que muitos de vocês devem ter rolado os olhos ao perceber que temos aqui mais um tropical house descarado, mas é bom, pra variar, ouvir alguém cujo timbre vocal faça a diferença em meio a todas as distorções já manjadas. Uma pena ela ainda não ter deslanchado como cantora sem as companheiras, mas a Coreia tem dessas coisas ai...

- x -

SURAN - WINE (ft. CHANGMO)



Ainda outra faixa com o Changmo, "Wine", dessa tal de Suran, bem que estaria em casa no repertório da já citada Hyolyn, já que seu instrumental totalmente remete ao R&B/Pop do final dos anos 90 + início dos 2000, que tem como referências mais óbvias a Mariah Carey e a Jennifer Lopez em seus respectivos auges, algo que a sistar faz muito bem. E como eu assumidamente sou fã desse tipo de sonoridade, a ponto de também curtir quando a Ariana Grande, a Ailee e a SeoHyun a reciclam, é claro que eu adorei isso aqui. A propósito, essa é uma produção de um dos caras do BTS, então as army resolveram dar uma força e comprar a música, fazendo-a rankear alto em diversos charts coreanos...

- x -

HA:TFELT, SURAN, BOHYUNG - CROSS COUNTRY



E já que citei a Suran, vou comentar também a parceria dela com a Bohyung, do Spica, e a Yenny em "Cross Country", servindo de OST para o reality show de mesmo nome, com o trio viajando por ai ao lado da atriz Hanna Kang em busca de experiências musicais. Não assisti o programa ainda, mas ele tem gerado algumas músicas bem boas, com essa sendo a mais interessante até então. Gosto da mescla de elementos eletrônicos com um instrumental orgânico mais virtuoso, dá uma cara mais madura à produção, mas sem que pareça demasiadamente pretensioso. Aguardemos agora o álbum solo da HA:TFELT na nova gravadora...

- x -

LOONA 1/3 - SONATINE



Hora de uma opinião impopular para dar uma agitada nas coisas: as músicas "orquestrais" do Loona são melhores que as eletrônicas. As meninas do Loona 1/3 relançaram esses dias o EP de debut delas, vindo com uma faixa do lado ~clássico~ do grupo, que costuma ser explorado em releases individuais, não em conjunto. E ai que essa "Sonatine" é extremamente linda, com elementos sonoros que vão aparecendo e se misturando de uma maneira delicada e arrepiante. Gostei bem mais que "Love & live". Tá ai, tomara que explorem ainda mais esses conceitos daqui pra frente, pois pode ser um diferencial em meio a tantos grupos femininos que acabam por lançar troços que, postos lado a lado, soam como uma massa amorfa, tamanha a semelhança em suas construções...

- x -

ViVi - EVERYDAY I LOVE YOU (ft. MINHA NAMORADA)



Infelizmente, a canção solo da ViVi, que já é a garota do mês há três meses, acabou não sendo tão marcante assim. "Everyday I Love You" é um Pop bom, retrô e divertido, que tem no MV seu maior destaque, mesclando ícones visuais de diferentes décadas, mas acaba por não ser marcante o suficiente em comparação com o já lançado por outras das meninas. Ao menos, podemos ser ainda mais agraciados com a beleza da HaSeul em tela...

- x -

LEE HAERI - PATTERN, HATE THAT I MISS YOU





Não acompanho muito o trabalho do Davichi não, então acabei não gerando muitas expectativas para o debut solo da Lee Haeri. E talvez isso tenho sido uma coisa boa, pois adorei "Pattern" de uma maneira que eu não imaginaria. A interpretação vocal dela está super melancólica, sexy, o que casou perfeitamente com o tom mais soturno do instrumental. É quase como uma dessas faixas usáveis para a trilha sonora dos filmes do 007, o que é sempre uma referência boa para solistas coreanas. Já "Hate That I Miss You" é... Bom... Já falei que não acompanho muito o trabalho do Davichi?

- x -

MiSO - KKPP



ESSA BOSTA! Não sei quem teve a ideia de colocar a dentuça do trashíssimo Girls Girls para debutar solo, mas eu adorei o resultado. O flow dela é bacana, a desenvoltura em câmera é ótima e a música está impressionantemente divertida para um desses números try hard que boygroups soltam semana sim, semana não. Por mais rappers femininas lançando merdas dessas e menos baladinhas emotivas no futuro, por favor...

- x -

JESSICA - IT'S SPRING



A Jessica soltou essa faixa aqui em comemoração ao meu aniversário, no dia 18. Achei bem qualquer coisa, mas obrigado pela lembrança, Sica. Na próxima, mande uns óculos de sol que eu arrumo uma utilidade maior...

- x -

BERRY GOOD - TO COM PREGUIÇA DE DIGITAR O NOME DA FAIXA



A nova do Berry Good não está essa morte horrível toda não, sendo mais inespecífica que ruim, pra ser honesto. Só que depois de canções tão fortes quanto "Angel" e "Don't Believe", que foi uma das minhas favoritas do ano passado, fica aqui uma leve decepção pela falta de ousadia sonora e visual...

- x -

LABOUM - HWI HWI



Outras dessas músicas Pop que tem algumas influências oitentistas, mas que acaba não se aprofundando nisso. Nada de novo ou chamativo...

- x -

MOMOLAND - WONDERFUL LOVE



Idem. Sendo ainda pior por lembrar faixas idol japonesas e o que há de mais desnecessário nelas...

- x -

DIA - WILL YOU GO OUT WITH ME



Err.... Isso é pra ser levado a sério? Aumentaram ainda mais o line-up? E pensar que o DIA é da mesma gravadora do T-ara...

- x -

FEMM X LIZ - DO IT AGAIN



Bom, depois de várias faixas meia bomba tentando emular o sentimento dos anos 80 na Coreia, mas errando ferozmente, vamos ao Japão para a parceria do FEMM com a LIZ em "Do It Again", que faz tudinho o que as coreanas acima tentaram, mas acertando em todos os pontos. Que delícia de Pop oitentista melancólico. Ponto ainda para o videoclipe com um 3D fake impressionante de assistir. Soltem logo esse segundo álbum, avex...

- x -

7SENSES - 7SENSES, GIRL CRUSH





Indo agora para o solo chinês, as ridículas e emancipadas do SNH48 lançaram uma sub-unit vida loka engraçadíssima intitulada como 7SENSES. Eu curti as duas faixas delas, os clipes, o visual, o swag, tudinho. Melhor grupo 48 de todos os tempos mesmo, bicho. Aguardando pacientemente o feat. com a Tomomi Itano apenas pela afronta ao AKB48...

- x -

JIA - CANDY



Para encerrar, ainda nessa pegada sendo-fodona-sassy-e-catchy-em-mandarim, Jia, ex-miss A, jogou mais uma faixa pra rolo. Impressionantemente, essa que parece ser a trabalhada com menos afinco pela Banana Culture, já que nem MV rolou, é a mais legal das que ela soltou até agora. O break depois do refrão pode ser estranho numa primeira ouvida, mas creiam, "Candy" é MUITO grudenta e ficará por dias na cabeça de vocês...

- x -

E é "só" isso ai mesmo, galera. Sei que rolou coisa nova do Apink e da solista chatinha delas, mas resolvi ignorar por falta de espaço, assim como os Stations que saíram e outras músicas de menor alcance (boygroups, btw). "Rumor", do KARD, deveria estar ai, porém, esqueci de embedar o MV e acabou ficando assim mesmo, mas fiquem cientes de que eu curti bastante, não tanto quanto "Don't Recall", mas bastante. Minzy e IU não apareceram aqui pois pretendo resenhar seus álbuns nos próximos dias e não queria adiantar comentários.

Além desses, devo soltar também reviews sobre os LPs da Natsume Mito, da Eyedi, finalmente liberar a tão atrasada segunda parte do top 2015 de jotapopes, dar uns pitacos otacos sobre alguns animes da temporada passada, falar dos sei lá quantos mangás que li nos últimos dias e mais uns trecos que ando planejando aqui. Me perdoem se as pautas quentes ficarem de lado por um tempinho, mas quero esvaziar as gavetas aqui do blog antes de seguir com a programação normal.

Por favor, continuem me enviando energias positivas que estarei trabalhando minunciosamente em minhas tarefas e me esforçando para alegrar vocês continuamente... *o* 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...