quinta-feira, 13 de abril de 2017

Para o bem e para o mal, EXID continua experimentando sonoridades em 'Night Rather Than Day'


E ai que, por algum motivo que eu não tive qualquer interesse em saber, uma vizinha minha resolveu colocar fogo no armário por onde saem os cabos da empresa de telefone/internet aqui no bairro e estamos todos sem conexão por tempo indeterminado. Pois é. E é por isso que eu estou sem atualizar isso aqui desde o fim de semana.

Felizmente, consegui sair dos anos 90 e encontrei um botão de Wi-Fi USB para receber a internet roteada de um celular no meu PC da Xuxa. Logo, já posso dar os meus pitacos sobre o comeback do EXID. Confiram ai o MV de Night Rather Than Day e já conversamos...



Olha... Eu não curti isso ai o tanto que eu achei que curtiria não. E nem é pela ausência da Solji.

Eu gosto bastante do EXID, a ponto inclusive de colocá-las no topo do meu ranking de girlgroups coreanos. E isso se dá por uma incrível combinação entre os talentos individuais das integrantes e a ótima composição/produção da LE com o Shinsadong Tiger e seus colaboradores. Nisso, é quase que certo que teremos delas canções um tiquinho mais ~inteligentes~ e melhor trabalhadas de maneira lírica e em seus instrumentais. De 2012 até 2016, elas não me decepcionaram em nada.

E "Night Rather Than Day" não chega a ser ruim não. Muito pelo contrário, ela é uma música ótima, bem planejada, com referências admiráveis (Disco 70's e Jazz ), uma execução impecável e dá todo um ar mais sério ao EXID como grupo. O problema é que isso não soa tanto com o que espero como lead single vindo de uma girlband coreana.

A certa linearidade da produção não chega a ser um defeito, mas acaba matando qualquer replay factor que algo do tipo necessitaria. Tal falta de variações me faz achar que os mais de três minutos da faixa meio que passam e, bom, só passam mesmo, pois não há muito o que lembrar, nada que se destaque, apenas uma sensação de ter escutado a mesma coisa em repetição.

Every Night tem uma desenvoltura bacana mesmo sendo quase toda levada de maneira acústica, UP&DOWN tem um refrão matador e os "wi arae wi wi arae" grudam como chiclete, além de todo a instrumental parecer se retirado de um desenho animado, Ah Yeah brinca com a diferença de vocais das integrantes, Hot Pink e L.I.E. mesclam diferentes andamentos. Faltou algo assim dessa vez.

File:EXID - Eclipse digital.jpg

O que fica de bom nisso é o fato de o EXID continuar sendo um dos poucos atos coreanos a ousarem na cena. Eu gostando ou não do resultado, a real é que "Night Rather Than Day" é algo ligeiramente fora da caixinha se compararmos com as tendências atuais.

De qualquer forma, fiquem ai como o mini-álbum "Eclipse". Escutem e tirem suas próprias conclusões...



Aah, se demorar para rolar algum outro post é por isso ai que já expliquei com a internet. Estou dando uma corrida nas coisas aqui do jeito que posso, mas sei lá até quando vão enrolar para consertarem o armário queimado. Maldita vizinha. lol

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...