quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Tiffany e eu estamos de volta, ela com o MV de 'Don't Speak' e eu com o blog da nação


Olá, seus lindos. Sentiram saudades de mim? Pois é, minha semana de provas já terminou e fiquei tão animado com o fato desse período intensivamente desgastante de fim de ano já ter passado que corri para baixar Undertale que comprei na black friday na Steam para conferir tudinho o que saiu de mais interessante nos últimos dias e já dar os meus pitacos por aqui.

Normalmente, eu faria um pacotão resumindo tudinho. Porém, nem foram tantas as novidades relevantes assim que saíram do último fim de semana pra cá. Uma delas, em especial, me alegrou tanto que achei bacana iniciar meu comeback ao mundo dos blogueiros-fundo-de-quintal com um post solo.

No caso, estou falando do novo MV da Tiffany para a participação dela no mais recente álbum do Far East Movement. Confiram ai Don't Speak:


Pra ser bem sincero, eu meio que ignorei o tal álbum novo do Far East Movement, "Identity", muito por não gostar do som que o grupo faz e mais ainda por não ter conseguido me apegar a nenhum faixa dele, mesmo com as participações de vários artistas hypados da cena sul coreana. Sei lá, apenas não rolou.

Entretanto, esse feat. com a Tiffany meio que ganhou um novo gás através do apelo visual proporcionado pelo videoclipe que os caras soltaram hoje (8) mais cedo.

Nem tem nada demais no MV de"Don't Speak", se resumindo a uma audição de dança da Estefani para uma bancada de jurados. Só que a coisa toda ganha uma proporção bem maior por conta da coreografia, do jogo de câmeras e da iluminação planejada. É aquilo de capricharem nos detalhes que transforma uma ideia simples em algo grandioso, sacam? Quer dizer, todo os momentos com os leques são lindíssimos...

Além disso, mesmo sendo um tantinho mais uptempo, a faixa conversa bastante com o trabalho da SNSD na Coréia, já que apresenta os mesmos sintetizadores New Romantics retrôs que canções como "I Just Wanna Dance" e "Heartbreak Hotel". O que acaba dando uma assinatura sonora interessante para ela como artista, algo raro dentro do K-Pop.



O resultado final é não menos que satisfatório. Temos aqui mais uma boa faixa da Tiffany em 2016 além de uma boa colaboração entre artistas que operam na Ásia e no Ocidente. Tomara que eles resolvam investir em mais videoclipes, talvez assim, as outras músicas no LP ganhem um brilho a mais, como aconteceu aqui com "Don't Speark".

A propósito, deixarei ele completinho aqui, caso vocês se interessem...


Povo do asian pop: já estou preparando aqui posts sobre mais uns trecos do capope e com uns releases japas, tipo o comeback do Young Juvenille Youth, da JY e o novo álbum do AOA;

Povo otaku: também já estou alinhado com as novidades do mundo das animações reveladas na CCXP e todas as mais importantes serão comentadas nos próximos dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...