terça-feira, 13 de dezembro de 2016

O debut do K.A.R.D, 'Oh NaNa', já está entre nós


Olha, eu não tenho absolutamente nada contra grupos co-ed. Eu sei que há toda uma discussão sobre o fator crucial de sustendo de bandas Pop ser o fetiche criado pelos fãs enlouquecidos, que curtem se imaginar com os/as integrantes e que colocar meninos e meninas interagindo deixa os seguidores segurando vela, com ciúmes e etc., e isso ai até pode ter fundamento, mas, sei lá, apenas não me importo.

Quer dizer, o meu desprendimento com a música Pop me permite apenas curtir as músicas boas que são lançadas sem esperar muita convencionalidade do formato que ela virá, ou eu não acompanharia girlbands rotativas japonesas, sul coreanas e americanas, certo?

Essa introdução aleatória foi só para avisar que a DSP debutou o tal grupo misto deles, o K.A.R.D. Confiram ai os meus pitacos sobre Oh NaNa...


Nhé, outro número de Tropical House/Dancehall. Depois de sei lá quantos lançamentos semelhantes esse ano, meu repertório para falar desse tipo de música já está se esgotando. Achei a melodia interessante e pegajosa, principalmente no refrão, mas as comparações são inevitáveis e, bom, numa escala, "Oh NaNa" deve estar lá em baixo, sendo a "pior" do estilo até agora.

Não que esse pior signifique algo tão grave, já que a grande maioria das canções apostando nessa onda foram realmente boas e funcionaram comigo ao longo do tempo. Se é pra pontuar, daria uma nota 6,0. Só... Sei lá, enjoei.

O MV tá legalzinho, achi a dinâmica do quarteto interessante (embora óbvia), com as meninas mandando bem nos vocais principais e os caras responsáveis pelas rimas nas partes de rap. Só não entendi mesmo o porquê de colocarem a YoungJi, a garota de cabeça grande que entrou para substituir a Nicole e a JY no KARA, como "hidden card". Ficou aleatório demais.

Pelo que dá para supor, o K.A.R.D vai acabar sendo um tipo de projeto da DSP, com essas duas duplas sempre recebendo participações de ~famosos~ da gravadora em seus singles (tá, não tem mais ninguém famoso na DSP, mas vocês entenderam), com os garotos formando uma boyband com outros trainees futuramente e as meninas se juntando com mais garotas (possivelmente a própria YoungJi e as participantes do Project 101) para um girlgroup.

Ou não, sei lá, é a DSP, não tem como esperar qualquer coisa deles.

Uou, que post nas coxas. Vou deixar abaixo alguns exemplos do grupos co-ed bons e horríveis para encher linguiça a apreciação de vocês. A brincadeira é tentar adivinhar de quais eu gosto e quais estão aqui apenas pelo deboche. VALENDO!!!!







:v

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...