quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Vocês estavam certos, 'Yuri!!! on Ice' é mesmo bacana


Eu assisto animes desde criança e, quando comecei a ter acesso à ~rede mundial de computadores~, pude começar a entender que existia um nicho maravilhoso por trás disso tudo, com pessoas que também curtem animações japonesas e demais coisas vindas lá do oriente. Pessoas essa que, inclusive, acompanham notícias e quaisquer novidades de diferentes produções que virão estrear num futuro próximo.

Então eu meio que já passei daquela fase de acreditar no hype ou pensar que gostarei de algo apenas por uma grande quantidade de pessoas gostarem - e vice-versa, pois tem muito anime legal ai que o povão ignora só por alguns dizerem que é uma bosta.

Ainda assim, eu não pude ficar ileso do barulho imenso que a otakada está fazendo nessa temporada para dois desenhos ai com várias exclamações no título. Então, resolvi ir contra o que faço geralmente, que é esperar a temporada acabar para ir fazendo maratonas com eles completos, sentar um rabo e dar uma chance antecipada para essa dupla.

E como vida de blogueiro flopado é catar pauta o tempo todo para tentar hitar de alguma forma e angariar novos leitores, é claro que eu darei meus pitacos sobre os mesmos aqui, começando com o divertido Yuri!!! on Ice...


Nhé, melhor eu já deixar claro logo de início. Isso aqui não é um "Anime Review" não, pois não vejo muito sentido em avaliar profundamente uma série animada que ainda não terminou. Tanto que, costumeiramente, não adoto o (tão adorado pelos meus colegas da blogosfera otaku) formato de review semanal. Não estou dizendo que é ruim ou bom, só que não é algo que me agrade em fazer.

Aqui, eu só darei mesmo os meus dois centavos sobre os três primeiros episódios já lançados, pois esse é o "corte" que dou para toda e qualquer série que assisto na vida. Penso que, se em três episódios o autor não conseguir me prender, isso não ocorrerá nos próximos.

Ooh, estou enrolando demais para começar isso. Deixarei o nariz de cera de logo após a imagem abaixo...


Pois bem, pelo que entendi, "Yuri!!! on Ice" não é um anime lésbico sobre uma adolescente com coração de gelo que vê sua vida ganhar sentido na chegada de uma nova estudante vida loka e desprendida das bobagens sociais em sua escola (hahahaha, tantos estereótipos).

Na verdade, ele fala de um rapaz chamado Yuri, que patina no gelo em competições oficiais (por isso o título, duh). Entretanto, o garoto acaba perdendo algumas etapas de competições e é visto como um atleta fraco em sua categoria. Só que, tudo muda quando um vídeo dele executando a coreografia de seu ídolo viraliza e, olha o plot twit, o tal patinador que ele tanto admira se torna seu técnico.


Embora a temática central seja um tanto inusitada (wtf patinação no gelo), essa história de rivalidade esportiva e relação aluno x professor já foi contada sei lá quantas vezes em desenhos japas. A grande sacada que pude observar é justamente a maneira como isso é feito.

Pelo menos nesses três primeiros, pude observar que estão conseguindo dosar bem o clima mais sério e melancólico, até meio depressivo, do modo de vida do protagonista, sempre visto como um fracassado, com pouco talento e que necessita se esforçar mais que os outros para alcançar o mesmo status, com o humor escrachado em doses regulares, vindas ou pelos personagens secundários (a professora bêbada e tarada, as trigêmeas toscas) ou pelo próprio protagonista, geralmente em formato chibi para explicar algo nos episódios.

Rola também uma inversão de papéis bacaninha de acompanhar. Por exemplo, em dado momento, o tal técnico precisa colocar o protagonista e seu rival para competirem, fazendo-os encarnar personagens que não são os habituais de suas naturezas. O fato de o "vilão" ter que se comportar de maneira inocente beira ao genial.


É óbvio que não é um anime perfeito. Longe disso. Grande parte dos personagens exercem o estereótipo desse tipo de série, como a já citada professora bêbada e tarada (pensem em Mestre Kame, Jiraya), o anti-herói/vilão introspectivo, que acha ser melhor que os outros (Sasuke, Vegeta, Kilua), as trigêmeas de alívio cômico, a menininha que deveria ser o par romântico, mas que não é e por ai vai. Mas todo o enredo por trás, somado à uma produção bacana e demais fatores, tornam o pacote final bem legal.

Digo, isso ai só nos três primeiros episódios. Sei lá se vai degringolar em clichês e deixar de surpreender no futuro. O que posso dizer de agora é que está divertido e que irei acompanhar.


A propósito, isso me lembrou que eu viro fã de patinação no gelo a cada quatro anos, quando rolam as Olimpíadas de Inverno, em especial dos americanos Meryl Davis e Charlie White. Vou até deixar abaixo uns vídeos de apresentações deles. Tecnicamente eu não entendo nadinha, mas fico todo arrepiado... -q




O outro anime é Keijo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!, mas só falarei dele mais pra frente. Bjokas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...