segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Pacotão de comentários: Oh!Bliss, Jenyer, Momoland, Victon, Snuper, Boys24 e Bastarz


Véspera de feriado e la vamos nós com aquele resumão de comentários de lançamentos que, caso fosse eu um ser com mais tempo, daria vários e vários posts isolados. Como não sou, o que me resta mesmo é mais um pacotão cheio de pitacos.

Não vou enrolar muito nessa introdução, pois tem bastante coisa para falar. Começando por essa gatas aqui...


Tá que eu estou, tipo, MUITO atrasado em comentar isso aqui, mas só hoje eu vi esse maravilhoso vídeo com as cinco muito vermelhas provando a cachaça brasileira, então a oportunidade foi recuperada. Enfim, não curti muito esse debut do Oh!bliss não. É nem é pelo visual carregado no aegyo ou pelo MV ridículo, mas pela música fraquinha mesmo. "BunnyBunny" me soa como uma prima pobre de Like a Cat, do AOA, só que sem todo o apelo interessante da Jimin, da ChoA etc. Automaticamente, fiquei com vontade de escutar a original e, bom, esqueci essa aqui...


Eu achei I Do tão xarope, mas tão sem graça, que tinha até esquecido que a Jiyoon, do falecido 4MINUTE, tinha debutado solo com a alcunha de Jenyer. Felizmente, ela resolveu soltar no canal dela no YouTube um MV de baixo orçamento para a b-side gostosinha do single, "Magnet". E o que temos aqui é uma canção com todo o apelo Urban/R&B 2000s que eu tanto gosto e que tanto funciona com releases capopeiros, remetendo aos trabalhos da Janet Jackson, da Mariah Carey e da Jennifer Lopez. Uma pena os dinheiros usados no videoclipe lá da faixa título não terem sido destinados para essa, pois adoraria assistir algo do Digi Pedi parecido com o feito com a Heize e com o Dean...


Eu não estava muito por dentro dessa história, mas, pelo que entendi, esse Momoland é um grupo assinado pelo Dublé Sidekick, que veio de um reality show ou algo parecido, ai juntaram dinheiro com contribuição de fãs através de plataformas digitais de arrecadação para debutar. E eu curti essa tal "JJan! Koong! Kwang!", pois me lembra bastante produções japas, sendo quase uma mescla do Shiggy Jr. com o Charisma.com. Não sei se vou me viciar nisso a ponto de escutar sempre, mas é uma faixa legal com um clipe legal...


Isso é um debut? Uou, que blogueiro desinformado eu sou. Enfim, esses ai são os caras do VICTON com a música "I'm Fine", eles são um tipo de ~grupo irmão~ do Apink, mas já de cara apresentam um pouco mais de pulso sonoro que as colegas de gravadora. Curti bastante, está grudento e delicioso de ouvir...


Eu achei Platonic Love divertida pra caralho, fazendo trocentas referências sonoras e visuais ao movimento New Romantics dos anos 80. De lá pra cá, o Snuper lançou um outro revival, mas que ficou uma bosta horrível e, agora, estão de volta com essa "It's Raining". Está bastante dramático, mas sem descambar para o caricato de uma maneira ruim. Curti...


Tem uma galera puxando o saco desse grupo aqui e eu nem sei o motivo, já que tudo o que eles tinham lançado era esse troço horrível aqui do programa de TV deles lá. Mas, olha, que virada eles deram com essa "E", viu. Eita, que farofa boa. Gostei dos elementos mediterrâneos, gostei do estilo mais dramático e visceral, da escolha de sintetizadores, do refrão grudento. Tem tudo aqui para que esse seja um dos melhores singles masculinos do ano...


zzzzzzz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...