quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Comentando 'Love Like This' e 'One Step', os pré-releases da Hyolyn


A Hyolyn sempre teve um tipo de passe direto para a minha atenção, já que é uma das minhas celebridades coreanas favoritas. Isso se dá por vários motivos. O primeiro deles é por ela ser a cara da Sabrina Sato, despertando minha memória afetiva para as tosqueiras que a japa fazia no Programa Pânico há uns anos. Certamente, a participação engraçadíssima dela no "Unpretty Rapstar 2" entra nessa conta. Além disso, não há como esquecer a cara de nojo dela para a CL cantando, sendo esse um dos ápices do asian pop em 2013.

As demais motivações vem de coisas mai sérias, como o fato de ela ter um dos timbres mais bonitos, marcantes e facilmente identificáveis do K-Pop, ter um certo bom gosto na hora de escolher parcerias (tipo aqui e aqui) e, enfim, por ter lançado duas das melhores músicas coreanas do ano passado: Love Line e Dark Panda. Isso tudo em arranjos mais voltados ao R&B, algo que se tornou a marca registrada dela em carreira solo.

Pois bem, essa introdução toda foi para dizer que ela está de volta e deve lançar material novo semana que vem. Ainda não divulgaram se será um álbum completo ou só um EP, mas o investimento da Starship está forte nisso e, nos últimos dias, ela lançou alguns pré-releases. Confiram ai os meus comentários sobre eles, começando por Love Like This:


Não sei vocês, mas curti bastante. Como falei, a Hyolyn fora do Sistar segue por essa vertente mais R&B, muitas vezes usando timbragens mais old school em andamentos habituais para o que era lançado nos anos 2000 (Mariah Carey, JLo etc.), algo que o K-Pop costumava reciclar bastante há um tempo, mas que quase não saiu esse ano.

Achei que combinou com a voz dela, achei que foi sensível na medida e que o arranjo não se deixou cair na monotonia (por pouco, mas não deixou). A participação do Dok2 vir algumas vezes na faixa também é interessante, pois nem foi um dueto e nem uma bridge obrigatória de rap. O MV tá simples, mas é uma canção simples.

Óbvio, não é o tipo de coisa que atinge todo mundo. Tenho certeza que funciona mais comigo por eu ter crescido ouvindo rádio nos anos 2000 e esse tipo de sonoridade ser muito característica dessa época, me despertando nostalgia.

Enfim, próxima...


O feat. com o Jay Park em One Step também exala todo esse clima 2000s, migrando mais por aquela mistura de R&B cantado com Hip Hop, tudo muito melódico e bem montado, até elegante, eu diria. O pacote todo funciona por conta da boa interpretação vocal dos dois, sem exageros, sem enfeites desnecessários. O MV também está simples, mas bonito.

Porém, de novo, caso vocês não tenha vivido (e curtido) o R&B/Pop da década passada, é provável que tudo soe entediante, até monótono. Mas, relaxem, saiu hoje um teaser do que, acredito eu, seja o lead single desse trabalho, sendo bem mais uptempo que o que já foi lançado...


Paradise vai sair na meia-noite coreana do dia 08. Não dá para ter certeza só com isso ai revelado, mas tá bem claro que vai ser uma daquelas farofas para ralar as nádegas no chão enquanto ela manda uns agudos aqui e ali, tipo Focus, da Ariana Grande.

Mal posso esperar... :v

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...