sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Dois anos de 'Like a Cat'


HEY! E ai que hoje, dia 11 de novembro de 2016, um dos maiores hinos do Pop asiático contemporâneo está completante dois anos de vida. Estaria eu falando de "I'm Different", do HI SUHYUN? Ou de "A Story About My Ex", do Phantom? E a resposta é... NENHUMA DAS ANTERIORES, SIM DE LIKE A CAT, DO AOA!!!11

É isso ai, meus caros, já se passaram dois fucking anos desde que as trombetas soaram e Jimin assinou seu nome na história da música mundial: HEEEEY! HAHAHA! Não importa aonde você vá, ou onde você olhe, AS MAIS GOSTOSAS SÃO... A-O-A!!!!! SIM!!! UHUM, UHUM! Tu sabe, eu sei, tu sabe, eu sei, EU SOU BOA, SOU QUENTE, SOU 9VINHA E VOADORA!!! (and Brave sooound)


2014 foi um ano decisivo para o AOA e "Like a Cat" foi o viés de confirmação de que o grupo estava ali para ficar. Eu sei que muita gente nova no K-Pop não sabe disso, mas a FNC é um selo coreano especializado em bandas. Não girlbands, bandas mesmo, com integrantes que tocam instrumento. E as gatas do AOA não fugiam disso não, tanto que é bizarro rever alguns vídeos antigos do grupo e constatar que eram oito as integrantes do grupo, que se dividiria em subunidades, com todas elas tocando enquanto cantam e uma das meninas designada apenas para a bateria.

Mesmo com as vendas crescendo timidamente a cada novo release, no final de 2013 a gravadora decidiu mudar o estilo visual e sonoro do grupo, transformando-as definitivamente num girlgroup de canto e dança, chutando a menina baterista, apostando em algo mais sensual e R&B na fraquinha Confused. Os números em vendas digitais caíram, mas nas físicas subiram. Até que, 2014, elas fecharam parceria com o produtor Brave Brothers e, dai, a explosão aconteceu.

Miniskirt vendeu quase um milhão e meio de cópias, o follow-up Short Hair também bateu a marca de um milhão, assim como "Like a Cat", pegando peak de #5 na Gaon. Nisso, tivemos a construção daquilo que é o AOA a cena até hoje: um grupo que ninguém sabe se é para levar a sério ou não, com faixas gostosinhas e extremamente grudentas, recheadas de interseções aleatórias (os "hey", as risadas, backing vocals masculinos), com um apelo visual MUITO forte, apostando na sensualidade das integrantes que, por vezes, acaba descambando para o humor involuntário. Isso tudo em videoclipes onde elas encarnam diferentes personalidades, fetiches e fantasias equivocadamente maravilhosas.

File:like a cat.png

Falando especificamente de "Like a Cat", como disse lá em cima, esse acabou sendo o viés de confirmação para o sucesso do grupo em 2014. A canção foi lançada no penúltimo mês de ano e, ainda assim, se tornou uma das mais lembradas da época atualmente. Particularmente, está entre as minhas favoritas do catálogo coreano do grupo, tanto pelo fator sonoro, já que a produção do Brave Brothers está bem carregada nos elementos orgânicos, tanto pela piada, já que a Jimin está impagável nisso aqui, sendo um dos melhores memes da asian music desses últimos anos.

Aproveitando a ocasião, relembrem ai algumas das sei lá quantas maneiras de divulgação que elas inventaram na época...


Dance pratice toscão com elas vestidas de gatos e, sabe-se lá o motivo, desfilando no final...


Live acústico com a linha principal de famosidades do grupo...


Live delas na rádio cantando de verdade...


Performance remix Urban vers. num festival coreano com elas vestidas com papel laminado...


Horrorosa versão japonesa...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...