sábado, 29 de outubro de 2016

Meia dúzia de trecos coreanos mais interessantes que 'TT', o novo single do Twice


Oi, gente. Como estão? Estou vivo, viu. Tive que dar uma pausa aqui no blog nesses últimos dias, pois estava participando do cast de um evento de comunicação na minha faculdade. Foi maravilhoso, eu adorei, pude entrevistar várias pessoas legais de dentro do jornalismo, da publicidade, cinema, TV e por ai vai. Porém, foi bastante trabalhoso, ai não deu pra dedicar NADA de tempo para esse espaço onde falo minhas tosqueiras.

Ou seja, não comentei o novo release do Twice...


Eu gostei bastante do debut do Twice no ano passado. Like OOH-AHH foi uma das coisas mais divertidas de 2015, tanto que vocês vão reparar isso no rankeamento alto que a faixa atingiu no top capopeiro que devo soltar mês que vem. Entretanto, todo o meu ~amor~ pelo grupo meio que se diluiu por conta da horrorosa Cheer Up, um dos troços mais pavorosos da música mundial em 2016.

TT acaba ficando num meio termo disso ai. O instrumental House até que é interessante quando se aprofunda mais ao longo dos versos, mas achei a parte vocal bem fraquinha, bobinha, pouco inspirada. O MV tá bem feito, bem produzido e a ideia de cada uma encarnar um personagem, embora reciclada, é interessante. Porém, o aegyo excessivo me incomodou, justamente por o Twice, assim como o Red Velvet e o I.O.I, ter conseguido um lugar bacana na cena, sendo mais teen e menos infantilizado. Me pareceu um passo pra trás. Somando esse "entretantos" ao mini-álbum terrível, o saldo acabou sendo negativo.

Pelo menos para mim, gente. Obviamente, o coreano médio discorda e isso tudo vendeu mais que água no verão carioca. É bacana ver um girl group dando tão certo em 2016, onde 90% da cena em fanbases parece tomada por garotinhas que preferem tocar uma para os oppas mostrando os tanquinhos em vez de apreciar a estranheza sonora que o K-Pop pode proporcionar. Só espero que, futuramente, a JYP arrume faixas melhores para essas nove (ou dez?), pois com um "ótimo", um "horrível" e um "poderia ter sido melhor" na lista, meu interesse pelo Twice vai despencando em proporções gradativas.

Enfim, a relevância que "TT" teve comigo do lançamento até aqui foi tão baixa que, para ilustrar isso, decidi colar aqui seis vídeos bem mais interessantes que figuram nesse momento na barra "Asisstir novamente" da minha conta no YouTube...


2NE1 mandando muito bem numa performance de "Fire" retirada de um show que elas fizeram no Japão para promover a edição nipônica do "Crush". Não sou tão fã assim do debut das quatro, mas é inegável o quanto a faixa ganha uma energia a mais quanto tocada ao vivo, área que o grupo sempre se destacou enquanto em atividade...


Ainda na vibe das musas do porão da YG, por algum motivo inexplicável, voltei a me viciar na versão em inglês de "Can't Nobody". Tanto que até vazou uma foto minha por ai ensinando o pessoal do meu trabalho a dançar essa bosta maravilhosa. Incrível como o K-Pop era divertidamente despretensioso há uns anos...


Tem esse MV aqui de umas meninas que participaram do Produce 101 e formaram um ~grupo fictício~ para zoar a indústria idol coreana em um programa humorístico numa emissora de TV de lá. Adorei a farofa...


Já falei que to stan nas meninas do Bulldok, né? Mesmo flopando, elas tem apresentado o debut single "Why Not" nos Planeta Xuxas coreanos. A faixa continua como uma das mais legais desse ano pra mim...


Tem também as gatas do Davichi cantando "Beside Me" no canal do app Dingo Music...


E as flopadas do Spica mandando um medley aleatório de sucessos de 2011. Tudo muito mais legal que Twice.

P.S.: foda-se o mama. Bjokas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...