quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Pacotão de comentários: 'Cosmic Girls', 'VIXX', 'B.A.P', 'Jun K.', 'Agust D', 'I.B.I' e 'BADKIZ'


Olá, meus queridos. Como estão?

Como não tenho tido muito tempo essa semana para sentar e produzir coisas aqui pro blog, pois ser adulto é uma merda, irei apelar novamente aos posts ~pacotão~, onde comento vários trecos que dariam um post solo de uma vez só, apenas para que não passem despercebidos.

Começando pela área capopeira desse blog, vejam ai meus pitacos sobre umas músicas que saíram nos últimos dias...


Creio que metade dos leitores rolarão os olhos nesse momento, mas não acho o Cosmic Girls/WJSN essa merda toda que pregam por ai não. Isso de formarem um grupo com doze garotas, cada um representado um signo, pode ser bem explorado. Tem também isso de elas, assim como o Red Velvet, terem duas facetas diferentes, com um lado aegyo creepy mais no sense e um outro lado mais sacana. E embora eu tenha achado MoMoMo bem esquecível, Catch Me me fez rir tanto no lançamento com elas desengonçadas tentando sensualizar e a menina lá dando um mortal que, aleatoriamente, tenho escutado-a quase que diariamente.

"Secret" é o comeback do lado "aegyo creepy no sense". A faixa é simpática e acerta por não exagerar no açúcar e não enfiar uma porrada de elementos sônicos exagerados. É um R&B/Pop com levadas de Funk bem mais maduro do que eu esperaria. Me lembrou a ótima Into You, da Jun Hyo Seong. Infelizmente, não consegui pescar nela nada que a destacasse, que a tornasse única. Sei lá, talvez faltasse um refrão mais pegajoso, ou escolherem melhor as linhas vocais, colocando as gatinhas que tem os timbres mais diferentões em maior destaque. Não é ruim, mas também não salvou o K-Pop de 2016.

O bom de tudo mesmo é o MV. Que troço legal. Tudo sai da mesma forma do que já vimos dar certo com o Red Velvet em "Automatic", "Dumb Dumb" e "One Of These Nights" (creio que seja o mesmo diretor) e que foi repetido com o VIXX, com o EXO, com o Ladies Code, com o AKMU, mas, diferente de outros grupos ai, acertaram ao adicionar os ícones espaciais, astronômicos, astrológicos etc., deixando-o único e dando uma certa identidade ao grupo...


Eu só comecei a prestar atenção mesmo no VIXX esse ano, quando eles vieram com a deliciosa Dynamite. Com "Fantasy", eles resolveram retomar a veia emo/gótica de antes e nem ficou ruim. É uma midtempo dramática, cantada em tons altos e com um refrão explosivo. Gostei bem mais de "Dynamite", mas isso não esta de jogar fora não...


O B.A.P é um atos mais irritantes do K-Pop de todos os tempos. Quando eles não estão forçando a barra com a pose bad boy, eles estão agindo que nem retardados aegyo infantilóides, despertando a vergonha alheia geral. Logo, eu não esperava nadinha desse comeback deles e, apenas pela sacanagem, eles vão e lançam uma música boa.

"Tha's My Jam" é a farofa uptempo descompromissada de cada dia. Redondinha, divertida, recheada de elementos sônicos interessantes, mas não se perdendo numa barulheira desenfreada, bem cantada, com versos que nos prendem até que o refrão chicletão apareça para ficar grudadinho na nossa cabeça a semana inteira. O MV também está ótimo, com uma postura bem mais descontraída que o normal deses moleques. Gostei demais. O clima me lembrou "Go Crazy", do 2PM, o que é um elogio para qualquer farofa...


Falando em 2PM, o Jun K. voltou com um EP e, para divulgá-lo, ele escolheu um rap chatinho vibe boa ai e essa "Think About You", que segue a linha PBR&B de outros lançamentos desse ano lá na Coréia do Sul. O videoclipe tá legal e tals, mas, por ser um PBR&B, achei que faltou mais pulso. Como não teve, ficou genérico...


Um dos meninos superestimados do BTS que eu não faço questão de lembrar o nome debutou solo emulando o Eminem - ou a Nicki Minaj, tanto faz - adotando a alcunha "Agust D". E a faixa é um feat. com... Agust D. Deixando de lado essas babaquices feitas para que fãs digam que ele está num nível artístico superior ao de outros solistas, a música tá ótima. O flow tá interessante, os versos rápidos remetem mesmo ao que é feito pelo Eminem e pela Nicki Minaj, o instrumental tá bacana. Curti...


Nossa, que bosta horrível essa "Molae Molae". Até quando as empresas irão forçar essa imagem inocente nos grupos novos? O I.B.I é formado por algumas das meninas que rodaram no Produce 101 e não conseguiram entrar no I.O.I. E enquanto as vencedoras tem se superado a cada lançamento, as suplentes ficam com esse plágio insosso do Apink que ninguém aguenta mais. Que pena pra elas...


Fechando o pacotão, as sumidas das BADKIZ lançaram uma farofinha levada no sax bem qualquer coisa, mas que o povo anda dizendo que salvou o K-Pop. É o que dá ficarem enchendo o nosso saco com videos de meninas virginais atrapalhadas em canções água com açúcar. Quando alguém surge piranhando, o povo já grita logo que surgiram as salvadoras da pátria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...