sábado, 9 de julho de 2016

SONAMOO volta com 'I Like U Too Much' e passa vergonha com o desespero



E ai que, há uns anos atrás, a TS Entertainment (B.A.P, Secret) anunciou que jogaria no mercado um novo girl group, cujo conceito seria um tanto mais agressivo que os aegyos infantilizados que começavam a ganhar força na época com Apink e um tiquinho mais "cools" que os vários sexy concepts que já estavam estourando na época, vide AOA feat. Brave Brothers. Basicamente, um novo 2NE1 ou 4minute em começo de carreira. Então, vimos o debut do SONAMOO com uma abordagem mais masculina quando lançaram a deliciosa Deja Vu...


A proposta parece não ter chamado muito a atenção do público coreano médio, que acabou por ignorar a banda, seja por, talvez, naquela época, não haver mais espaço para garotas confiantes e não-passivas na mídia, ou pelo EP ter sido lançado na última semana do ano de 2014 - eu voto por essa última opção.

Falta de timing à parte, as meninas tiveram seu comeback em 2015, com uma imagem um pouco mais colorida e divertida da anterior, mas, ainda assim, com uma atitude mais forte e interessante que o habitual para nugus, com a igualmente deliciosa Cushion...


Embora não tenham ido tão mal assim nos charts, o SONAMOO em momento nenhum conseguiu sair daquele escalão entre o "não-completamente-desconhecidas" e o "não-relativamente-conhecidas", seja por, novamente, a Coréia do Sul talvez não se interessar por garotas confiantes, ou mesmo por o Red Velvet ter estourado meses antes com Ice Cream Cake, uma canção extremamente parecida, enfim, sei lá.

O problema é que nada disso justifica a TS ter matado o grupo recentemente, transformando-o num pastiche de aegyo nessa I Like U Too Much...

QUE MORTE HORRÍVEL...

Eu até agora não entendi a fixação dos coreanos com essas interpretações infantiloides, mas, em alguns casos, os produtores até acertam com os grupos quando lhes dão faixas consistentes e fora da caixinha, caso de GFriend, do Oh My Girl e do Lovelyz, mas tudo desanda quando os grupos se limitam a emular o primeiro álbum do SNSD da mesma forma que o Apink.

Olha essas caras de retardadas... D:
"I Like U Too Much", sonoramente, não foge em nada do que quinhentos outros grupos tem tentado fazer atualmente. É um Pop aguado com influências fraquinhas de Funk e Synthpop, indo de nada para lugar nenhum. O mais próximo de interessante em toda a canção é a ponte gritada ao estilo líder de torcida, desabando numa continuação quase jazzística, mas que não dura nem 30 segundos. 

Já o MV, é quase um desastre completo. Tem todas as bobagens possíveis do estilo, com coreografias onde elas ficam com as mãos pra trás pulando pra lá e pra cá, caretas bizarras fingindo ter menos de 12 anos, cores fofinhas, doces e desconforto geral.


O único momento divertido mesmo é quando essa aqui finge ser uma professora de ciência gostosa, explicitando qual o caminho correto que elas deveriam seguir daqui pra frente...

O gosto final é não só de completa insatisfação, mas de profunda decepção com o desespero da TS em fazer com que as meninas hitem. Uma pena terem apostado no "caminho mais fácil", imitando o que outras fazem. Pena que, desse modo, o SONAMOO acabou sendo mais um entre tantos, perdendo toda a personalidade e o brilho diferenciado que o grupo apresentava nos releases anteriores. 

Um pena. 


A propósito, o resto do EP delas nem está tão adocicado assim, com outras faixas que usam muito bem a mistura de eletrônico e Hip Hop já feita por elas antes. "Sense Man" teria sido uma faixa de trabalho bem mais legal. Pena que a gravadora escolheu a mais bobinha e genérica do mini-álbum para promover.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...