sexta-feira, 22 de julho de 2016

Comentando 'All Mine', o SM STATION e o possível fim do F(x)


E ai que a terceira temporada de BoJack Horseman já está na Netflix, mas eu meio que me sentiria um bosta se partisse para uma maratona e ignorasse o single do F(x) no SM STATION por tantas horas, já o grupo permanece na minha parede inquebrável de girl bands coreanas, junto com Wonder Girls.

Então, vejam ai os meus dois centavos não só sobre All Mine, como esse projeto da SM em si...


Ainda lá no outro site que eu escrevia sobre K-Pop, eu já tinha demonstrado o meu receio com o STATION quando dei meus pitacos sobre "Rain", da Taeyeon. Lembro de ter achado que, por conta de um compromisso semanal em lançar material para essa plataforma online, a gravadora acabaria desgastando a imagem dos artistas, dando-lhes faixas preguiçosas, genéricas e que não seriam fortes o suficientes para serem adotadas em comebacks de verdade, com divulgação em rádios, em Cassinos do Chacrinha, Planetas Xuxa, rádios, showcases e demais meios que os coreanos usam por lá como circuíto.

Eis que isso se concretizou, mas em partes, já que foram poucos os idols atuais delegados para essa empreitada, que acabou massivamente ocupada por artistas de menos peso internacional e que já não estavam muito na ativa. É claro que teve gente muito famosa por aqui lançado troços horríveis, como a Wendy (Red Velvet), a aquela aleatória que não canta nada do Girls' Generation. Rolou também a Amber com uma balada xaropenta, mas que não ofendia tanto. Porém, bem poucos, se comparados. Logo, não houve de fato uma exposição exagerada da imagem dessa galera.


O que nos leva pra essa atual contribuição do F(x). "All Mine" é uma canção EDM/Dance agradável e divertida produzida pelo LDN Noise. Ela não pega tantas influências de Deep House como o produtor fez para elas no álbum 4 Walls (2015), ficando mais próxima da descontração sonora que elas aprontaram no Pink Tape (2013) e no Eletric Shock (2012), o que acaba decepcionando um pouco a galera que esperava uma continuidade no amadurecimento no som do grupo - eu inclusive. O que não faz com que a música seja ruim, tanto que eu gostei. Pelo menos, não ruim para o STATION.

O MV, infelizmente, decepciona. É meio bosta ele se resumir às quatro divertindo-se pra lá e pra cá no Japão em formato caseiro. Sei lá, se dividissem mesmo a tela em quatro e, no final, elas se encontrassem, tipo o Destiny's Child em Emotion, talvez desse uma graça maior, um tempero.

No fim, "All Mine" é só mais uma faixa agradável, empolgante de divertida do F(x), que fica acima das canções dadas para os artistas de menos relevância internacional no projeto, mas equivalente às escolhidas para os atos tão famosos quanto...






A título de curiosidade, sei que o contrato de algumas das meninas inspira mês que vem e, pelo andar da carruagem, é provável que o F(x) como conhecemos acabe. Mas, sei lá, prefiro que cada uma siga o seu caminho como solo do que, como muitos andam especulando, o grupo vire uma dupla patética ao estilo TVXQ, visto Amber e Luna terem uma atenção maior da SM. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...