sábado, 9 de julho de 2016

5 faixas para conhecer a Utada Hikaru

http://www.esquadraolunatico.com/2016/07/5-faixas-para-conhecer-utada-hikaru.html

E ai que a Utada Hikaru resolveu anunciar que lançará o seu sexto álbum japonês no dia 28 de setembro desse ano. 

O trabalho ainda não tem um nome e nem capa ou single confirmados. Além da data, as únicas informações, até agora, são a presença das já lançadas faixas "Hanataba wo kimi ni", "Manatsu no Tooriame" e "Sakura Nagashi" (OST de Evangelion 3.0) e o fato de ser disponibilizado apenas em versão CD.

Entretanto, como tenho tido bastante contato com a galera que escuta K-Pop nesses últimos anos, sei que a grande maioria acaba por não ter conhecimento da cena Pop nipônica como o pessoal mais velho e barrigudo (oie) que começou a procurar artistas orientais nos anos 2000, tendo contato através de rádios online, sites de anime e etc. Então, resolvi fazer um pequeno resumo da carreira dela através dos lead singles de seus cinco álbuns japas.

Segura na minha mão que vamos embarcar no...

TÚNEL DO TEMPOOO...
Dores de cabeça à parte, vamos para a lista, começando com o primeirão de todos...


First Love foi usado como primeira faixa de trabalho do primeiro álbum japonês da Utada, de 1999, que levava esse mesmo nome. Particularmente, das músicas que aparecerão aqui, essa é a que menos gosto, visto ser uma daquelas baladonas Pop dramáticas, além de não ter um MV muito criativo.

Ela atingiu pico de 2º lugar na Oricon com isso aqui. Segundo o Wikipedia. essa é uma das músicas mais cantadas em karaokês japas (hahahaha) e também foi uma das 1000 mais escutadas em algumas rádios brasileiras, mesmo sem nunca nem ter sido lançada aqui...


As coisas começam a ficar boas a partir daqui. Addicted To You pegou o 1º lugar na Oricon e, para o segundo álbum dela, Distance (2001), bolaram o remix acima, produzido pelo Jimmy Jam e pelo Terry Lewis, que levaram todo o estilo R&B/Pop que tinha estourado alguns anos antes nos EUA para a track - coisa que eles já haviam feito com a Mariah Carey, a Mary J. Bligde, a Janet Jackson e outros que faziam sucesso daqueles tempos...


Seu ápice de qualidade foi o embasbacante álbum Deep River (2002), onde está a minha faixa favorita dela, Traveling, e a provavelmente mais famosa de sua carreira, Sakura Drops, que mescla muito bem influências da música tradicional japonesa com o Pop.

Isso tocou tanto nas rádios Blasts da vida e em eventos Animes whatever por ai que eu devo saber a letra do início ao fim, além de todas as respirações e vibratos usados. O clipe também faz o seu papel de maneira coerente com a sonoridade, sendo um misto de fantasia e realidade. Pra ter noção, isso aqui fez tanto sucesso que até amigos meus que não costumam assistir animes ou acompanharem a cena musical oriental conhecem.

Ela foi composta, escrita e produzida pela Utada, vendo mais de 900 mil cópias na época. E a sua favorita, quando?


Demoraram 4 anos para que ela retornasse com um novo LP, o Ultra Blue (2006). Porém, nesse meio tempo, ela lançou uma porrada de singles que acabaram entrando no material final. O melhor deles foi Colors, de 2003, que retoma um pouco da pegada R&B que ela tinha no início da carreira, mas com alguns muitos elementos eletrônicos, dando uma cara mais futurista e oriental à faixa...


Pra encerrar, eu poderia muito bem colocar qualquer um dos singles sérios que estavam no último álbum japonês dela, Heart Station (2008) mas prefiro deixar vocês com a delícia tosquíssima (porém simpática) de Eu Sou Um Urso, com várias crianças e um cara vestido de urso dançando na grama.

Além disso tudo ai, a Utada Hikaru lançou duas coletâneas de single, três álbuns em inglês e uma coletânea, dois LPs com o grupo U3, 10 DVDs e mais uns trocentos videoclipes e singles físicos e digitais.

Agora é torcer para que esse tempo fora e a idade tenham feito bem para ela e que venham mais medalhões como "Sakura Drops" e "Traveling" esse ano. A música Pop como um todo está precisando.

Fonte: Why, Dougie?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...