sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

O episódio de "Family Guy" zoando o K-Pop está sensacional


O início de 2016 tem nos proporcionado alguns momentos de pua iconicidade, com filmes da Pixar e do Tarantino no cinema, destruidores episódios novos de Steven Universe e memes sensacionais de tão ridículos - só eu ri com o vídeo da Eliana provando pratos orientais? - e, entrando para essa lista, temos mais algo que acabou por se viralizar e vir parar aqui: o décimo episódio da décima quarta temporada de Family Guy.

Mas, o que além de todo o humor ácido que a série apresenta já em seu natural poderia ser responsável por tantos comentários em sites e redes sociais nesses primeiros dias do ano? Bom, lhes digo: eles resolveram tirar sarro do K-Pop e, meus caros, isso ficou genial.


Para quem não sabe, o tal "K-Pop" é nada menos que a música Pop comercial lá da Coréia do Sul. O "gênero" vem ganhando o mundo aos poucos, já com vários festivais rodando o globo e comunidades de fãs espalhadas nos lugarem mais improváveis possíveis. Aqui no Brasil, por exemplo, entre 2013 e 2015 ocorreram três festivais de K-Pop, trazendo vários nomes razoavelmente badalados por lá.

Gosto de atribuir parte da responsabilidade do Pop coreano estar com tanta força internacionalmente a dois momentos específicos. O primeiro é conhecido como a "era de ouro" do K-Pop, entre 2008 e 2012, com o sucesso de grupos como Girls' Generation, 2NE1, Brown Eyed Girls, Wonder Girls, BIGBANG, SuperJunior, SHINee, 4minute, T-ara, Kara e alguns outros dentro do nicho otaku, onde ocorria uma cena musical antes pertencente apenas a artistas que se lançavam em trilhas sonoras de animes e tokusatsus. A maioria desses grupos citados possuem um mercado nipônico com faixas e álbuns lançados inteiramente e japonês, estourando por lá nesse período.

O segundo é o mais óbvio de todos: o viral de Gangnam Style. Essa delícia lançada pelo PSY em 2012 foi o troço mais reproduzido daquela época, com uma porrada de covers em todas as partes do mundo. Muita gente que não sabia que a cena musical coreana era tão, digamos, "interessante", ficou sabendo disso naquela hora. A propósito, esse ainda é o vídeo mais assistido do YouTube...


Pega tudo isso e joga para 2016. O K-Pop está tão em alta que, claro, Family Guy tinha que usar isso. E, meus queridos, está engraçado demais - pelo menos para mim, que já trabalho com imprensa musical oriental há uns anos.

A história toda gira em torno da obsessão do Peter e de seus amigos com um Dorama (que é tipo as novelas da Globo de lá) tosquíssimo do qual o Quagmire participou em sua época de militar. Os dois, junto com o Cleveland e o Joe ficam uma tarde inteira assistindo os episódios em fita de vídeo, até que descobrem que o VHS com o final da trama não está lá. Após procurar em todos os cantos da internet, qual a solução mais óbvia adotada por eles? Acertou quem disse "tomar um avião para a Coréia do Sul e procurar por lá".

Ao chegar na ilha oriental, eles descobrem que o Quagmire é uma celebridade local, já que o dorama reprisou mais vezes por lá que O Cravo e a Rosa e Usurpadora por aqui. A protagonista da série, e antigo par romântico dele, vai ao encontro dos quatro e, finalmente, eles conseguem assistir o final.

Bom, na verdade, teria um jantar antes, então eles foram obrigados a assistir alguns vídeos musicais na TV. E é ai que a delícia começa...


A reação do Peter Griffin ao assistir as Sistar se esfregando e pedindo que os caras tocassem seus corpos foi um dos troços mais hilários de toda a animação: "O que diabos é isso e como vou seguir minha vida sabendo que essa porra existe?", soltei uma das minhas maiores gargalhadas em meses.

Conforme o episódio vai se desenrolando, temos várias outras piadas sobre o estilo de vida coreano, alfinetadas com as plásticas que algumas pessoas fazem por lá para ficarem com "olhos ocidentais", hábitos alimentares (comer cachorros, especificamente) e inúmeras outras questões.

o delicioso momento onde toca "Touch My Body" num bar e todos dançam nas cadeiras...
Em um dado momento, tem até uma performance dos caras super glamurosos numa paródia de "Bubble Pop", da dona do meu coração e pensamentos noturnos Hyuna, comparando a pronúncia de Coréia com a de gonorreia...



Enfim, assistam essa beleza assim que puderem, gostando ou não da cultura coreana, pois está hilário de tão ofensivo :v

Referências no episódio:

É claro que eu não poderia desperdiçar esse momento e irei trazer para vocês um pouco do que rola no cenário musical lá da Coréia do Sul. Pois bem, confiram o que rolou de inspiração para as sátiras musicais feitas...

SISTAR - Touch My Body

A referência mais clara de todas, já que usaram trechos desse MV para algumas das cenas. Esse quarteto é considerado o terceiro grupo mais popular da Coréia do Sul, tendo muito alcance nas vendas digitais e conta com a presença do clone coreano da Sabrina Sato...


HyunA - Bubble Pop

A Hyuna é uma figura muito popular por lá. Além de ter feito algumas parcerias com o PSY - ela é a gostosa que sensualiza no trem em Gangnam Style -, já fez parte da banda Wonder Girls e, atualmente, divide seu tempo entre uma carreira solo, o grupo 4minute (um dos meus favoritos) e a sub-unidade Trouble Maker, que é um duo com um mano com voz de choro onde eles cantam sobre fazer sexo, beber e ser vida loka.

Bubble Pop é um dos maiores hits da carreira dela...


Crayon Pop - Bar Bar Bar

Essa foi rapidinha, mas é só prestar atenção nessa imagem:


Minha favorita dessa lista, eu já a tinha citado naquela lista de hinos do Pop-Estranho-Asiático, lá na minha coluna na Rádio J-Hero. Bar Bar Bar também foi viral internacionalmente, com as meninas da banda dançando toscamente em vários locais no MV sob essa música adorável que quase não faz sentido, mas eu não consigo passar um dia sem escutá-la...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...