segunda-feira, 20 de novembro de 2017

O 'Fall In Lovelyz' está bem melhor do que um EP de natal aparenta ser


E aí que já estamos no final do ano e um monte de gente ao redor do mundo está desovando troços natalinos para aproveitar o filão dessa data. Dito isso, as meninas do Lovelyz, que tiveram uma das eras mais interessantes de um ato coreano em 2017, estão de volta com um single ~natalino~.

Confiram Twinkle...



domingo, 19 de novembro de 2017

ALBUM REVIEW | Red Velvet - Perfect Velvet (2017)


Oie. To vivo, tá? Como vocês já devem saber, diferente desse blog, que anda mais apagado que a fé no retorno do F(x), a carreira do Red Velvet esse ano está bastante agitada. Dois mini-álbuns, dois stations e, agora, um LP de inéditas completinho. Os fãs não podem reclamar da SM por tentarem, certo?

Enfim, aqui vamos nós em mais um reviewzão. Novamente, não vou prender ninguém em introduções longas, pois já tem muita coisa para ler abaixo. Confiram os meus dois centavos sobre o Perfect Velvet...

domingo, 12 de novembro de 2017

Raspa Semanal #27 | Super Junior, Sonamoo, Seventeen, Gugudan e +


E aqui estamos com mais uma raspa semanal, reunindo tudo o que poderia ter aparecido aqui no blog nos últimos dias, mas que acabou não surgindo, ou por falta de tempo deste que vos escreve, ou por acreditar que, sozinhas, tais pautas não renderiam bons posts solos.

Sem mais delongas, vamos lá...

sábado, 11 de novembro de 2017

ALBUM REVIEW | Twice - Twicetagram (2017)


Em março, escrevi em uma resenha a respeito do, à época, recém-lançado primeiro LP da TaeYeon. Nele, expliquei que, dentro do K-Pop, os primeiros álbuns completos dos atos costumam ser marcos em suas carreiras, pois é o momento onde a mensagem passada através deles é de que o importante é a música. É a ocasião onde, teoricamente, os esforços e preocupações costumeiramente direcionados apenas aos lead singles e MVs passam também para o resto das faixas selecionadas aos trabalhos. Teoricamente.

Então, existe um aval não declarado em esperar que uma tracklist coerente seja montada, com canções niveladamente fortes e memoráveis bem mais do que esperaríamos de um EP ou single. Ainda mais de um grupo das big three, certo?

Dito isso, o Twice lançou um dos piores álbuns coreanos femininos que ouvi nesses últimos anos. Confiram aí os meus dois centavos sobre o Twicetagram...

terça-feira, 7 de novembro de 2017

EXID se joga no sexpop dos anos 2000 em 'DDD'


O EXID deve ser um dos meus grupos coreanos favoritos de todos os tempos. E isso nem é só por cada uma das integrantes ter um timbre vocal facilmente identificável nas gravações, ou por serem um dos poucos girlgroups com conceitos adultos na atualidade, ou por as meninas serem todas absurdamente lindas, gostosas e carismáticas em tela, mas também por suas músicas serem relativamente ótimas na grande maioria do tempo.

Up&Down, que jogou luzes sobre a carreira delas, é um dos melhores troços de 2014, assim como Ah Yeah é quase o melhor de 2015 e seu primeiro LP, Street, está entre os mais bacanas do ano passado. Obviamente, não podemos esquecer da ótima Every Night, que, spoiler alert, aparecerá numa posição bem alta no top 2012 que soltarei no final do mês.

E enquanto eu não cheguei a curtir tanto aquela Night Rather Than Day de abril, em momento nenhum cheguei a me preocupar com o futuro musical do grupo, pois já imaginava que, a qualquer momento, elas voltariam com o seu grande jam de 2017.

Confiram DDD...